Décadas perdidas

Sempre acreditei que seria possível. Mas, o tempo mostrou o contrário. Nem tudo que idealizamos ou desejamos sai conforme os nossos pensamentos. Somente hoje percebi isso. Sim, demorou décadas, mas aprendi a lição. Feliz daquele que compreende rapidamente os sinais que a vida apresenta.

Continuo da mesma forma que você me conheceu. Um pouco diferente, talvez. Em meu rosto, as expressões da idade ficaram mais acentuadas. Meus cabelos ganharam nova coloração. Meus passos também mudaram. Acho que estou mais lento. Sempre corria para fazer tudo por... Enfim, ainda tenho aqueles diálogos na frente do espelho, durante todas as manhãs. São várias as conversas com o meu reflexo. Meus principais questionamentos são relacionados à vida que levei, aos meus sonhos não realizados e claro, aos nossos planejamentos, que foram abandonados.

Por vários anos, vaguei pela noite. Acho que foi em busca você. Mesmo sabendo as pessoas são diferentes umas das outras, meu desejo era sentir o seu abraço, único e acolhedor. Queria ver uma pequena semelhança... Acredito que era para manter a sua essência viva dentro mim. De longe, acompanhei a sua felicidade dividia por outras pessoas. Elas ficaram com o melhor da sua personalidade marcante. E eu...?

Você se foi e eu continuei. Hoje, apenas com meu reflexo. Dele, todos os dias, tenho a esperança de ouvir um bom conselho para continuar acreditando... Até que eu possa ir também...

0 comentários:

Postar um comentário