Águas de março

O mês de março marca o final da estação mais quente do ano. Este período é caracterizado pelas chuvas mais intensas. Como diz a canção de Tom Jobim: “São as águas de março fechando o verão”... Tempestades, vendavais, raios são as intempéries naturais mais freqüentes.

Em Uberaba, ocorrem também as enchentes no centro da cidade. Entretanto, no dia 22 de março (quinta-feira), uma chuva forte mostrou formas, cores e singularidades da cidade, potencializado pelo por do sol.


Uberaba após a tempestade


Vista do centro de Uberaba (UFTM)


Entrada do Centro Educacional da Universidade Federal do Triângulo Mineiro


Registro de movimento (UFTM)

Entrada do Centro Educacional da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Curiosidade. Em Uberaba, o frei Annency, da Ordem dos Capuchinhos, começou a estudar os fenômenos climatológicos. Pelas anotações, o sacerdote verificou que trovoadas e chuvas mais intensas aconteciam sempre próximo à data de São José, comemorado no dia 18. Assim se estabeleceu o termo “enchente de São José”. Já no nordeste do país, existe a crença de que se chover no dia do santo, é sinal de que a safra vai ser boa e farta.

0 comentários:

Postar um comentário