Introspecção

lua; maturidade Situação desta pessoa pelos astros: o período é marcado pela Lua, que entra em fase minguante, formando um ângulo tenso com o Sol. O conflito aqui é traduzido como um choque entre suas necessidades reais de introspecção neste momento, explicitadas pela Lua na Casa 4, versus um desejo emocional de agradar. O conflito aqui poderia ser traduzido da seguinte forma: o que você quer neste momento, no fundo de sua alma?


Resposta: várias coisas... tenho que aguardar... ^^

Aproveitanto o momento astral e sem entrar em muitos detalhes, hoje algo me fez refletir sobre o que é maturidade... Por isso, estou compartilhando dois textos sobre o tema...


O que define a maturidade?

Você terminou a faculdade, casou e teve filhos. É seguro dizer que se tornou um adulto? Não necessariamente, afirma uma pesquisadora britânica. Ela verificou que, para muitas pessoas, a "fase adulta" (maturidade) não é definida pela passagem por eventos tradicionais, mas pela uma mudança na personalidade e no comportamento.

"Verificamos que os indicadores tradicionais da fase adulta - como casar ou conseguir um emprego - tiveram pouca importância para nossos voluntários", disse Fiona Ulph, da Universidade Southampton, em Highfield. Em vez disso, "parece que as características que estimulam o individualismo foram importantes na definição da maturidade".

Os resultados do trabalho se basearam nas respostas que mais de 1,3 mil homens e mulheres britânicos com mais de 16 anos deram aos questionários aplicados. Os voluntários foram divididos quase na mesma proporção em quatro faixas etárias: 16 a 20 anos, 21 a 24 anos, 25 a 30 anos, e mais de 30 anos. A todos foi solicitado identificar os eventos que representavam a transição para a fase adulta e em que grau esses indicadores eram válidos para cada um deles.

Num encontro recente da Sociedade Psicológica Britânica, realizado em Blackpool, Ulph informou que certas medidas tradicionalmente aceitas como sinal de maturidade - como casar, completar a educação, ter um filho ou sair de casa - foram consideradas não mais que "um pouco importantes". Ela verificou ainda que esses indicadores, geralmente, ficaram em desvantagem em comparação com definições mais abstratas de crescimento - como ter uma sensação de independência, de maturidade emocional ou de responsabilidade.

Reuters Health




O QUE É MATURIDADE
maturidadeAtingimos a maturidade quando estamos maduros...(genial essa definição, não?). O difícil é definir quando se está maduro, ou seja quando começamos a agir mais movidos pela ponderação do que pelo impulso.

Meu grande amigo Autor Desconhecido (o escritor mais famoso da Internet), nos brinda com mais uma pérola:

Maturidade é a arte de viver em paz com aquilo que não podemos modificar.

Sem dúvida alguma, as coisas que realmente não podem ser modificadas, devem ser aceitas. Quando jovens, a tendência é "reformar o mundo". O ideal é deixá-lo como ele deveria ser (ao menos na nossa concepção).

Acontece que nem sempre o que achamos que é, é aquilo que deve ser. Sempre existem duas ou mais versões para os fatos, e a minha verdade, nem sempre é a sua. Vai daí que, está aberta a polêmica.

Com a passagem dos anos, a maturidade (fica bem mais bonito do que velhice), nos faz pensar duas vezes antes de tentar modificar algo. Ao invés de dizermos assim fica melhor, nos perguntamos primeiramente se é possível modificar a coisa, depois, perguntamos se realmente vale a pena tentar a modificação.

Vejam bem, essa atitude não é covarde, muito pelo contrário, é muito sensata, pois devemos sempre atirar no alvo certo. E o que nos permite enxergar e acertar nesse alvo é exatamente a experiência adquirida com o tempo.

Meu pai costumava sempre repetir um velho provérbio (já naquela época era velho), que diz: o diabo sabe por diabo, mas mais sabe por velho. Sempre que ouvia isso, eu fazia um muxoxo de pouco caso, pensando: ele fala isso, só porque já tá cansado. Aliás, todos os jovens sempre são refratários às opiniões dos mais velhos, considerando-os ultrapassados. Se seus filhos também forem assim, não se incomodem, pois quando eles chegarem à maturidade vão chegar à mesma conclusão que eu cheguei, qual seja "e não é que ele tinha razão"... E aí... quantas cabeçadas evitáveis... quantas besteiras cometidas.

Mas é nessas besteiras que se forja a experiência para a Maturidade. É esse o caminho. Continuem tentando reformar o mundo. Continuem dando suas cabeçadas. Continuem lutando. Continuem forjando seu futuro. Assim, chegarão à maturidade podendo olhar para trás e dizer bem... pelo menos tentei.

Agora vou tratar de viver e deixar o mundo como ele está. Os outros que estão chegando que façam sua parte...

Podemos ainda chegar a certas conclusões interessantes sobre como podemos definir o que vem a ser exatamente a tão decantada maturidade, que é o maior desejo de todos os jovens... enquanto para nós nos bastaria ter a experiência de hoje... com a vitalidade dos 20 anos...(não seria má idéia...).

Podemos dizer que atingimos a Maturidade, quando conseguimos controlar a raiva, e conseguimos resolver divergências sem violências, sem represálias. Quando conseguimos ter paciência para conseguir algum objetivo, mesmo que tenhamos de abrir mão de algo imediato.

Podemos dizer que atingimos a Maturidade, quando conseguimos enfrentar fatos desagradáveis e as decepções da vida sem nos tornarmos amargos, encarando como coisas naturais às quais todos estamos sujeitos.

Principalmente, quando adquirimos a capacidade de reconhecer nossos erros... convenhamos que não é fácil reconhecer que errou... a tendência natural é procurar sempre encontrar culpados para nossas mancadas.

Maturidade é, principalmente, saber recuar na hora estratégica de, mesmo achando que estamos certos, sabermos ver que não é hora de discussão, fazendo um recuo estratégico, e esperar que as coisas se acalmem.

Marcial Salaverry

0 comentários:

Postar um comentário